início do conteúdo

Curso em parceria com o Sebrae busca despertar no jovem o espírito do empreendedorismo

Publicado em: Campus São Vicente / 11 de Outubro de 2017 às 16:03

Parceria firmada entre o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, através da sua Pró-Reitoria de Extensão (Proex), e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) está trazendo o curso Crescendo e Empreendendo para alunos de vários câmpus da instituição.

De 09 a 11 de outubro, o curso foi realizado no IFMT São Vicente, para alunos do 2º e 3º anos do curso Técnico em Agropecuária, e do 1º ano do Técnico em Meio Ambiente, este último ofertado no Centro de Referência de Jaciara.

Devido à quantidade de alunos (171), foram formadas seis turmas, que tiverem o curso ministrado pelos instrutores do Sebrae Jorge Nagy, Aline Tatiane Casquet Schmitz e Adriana Maria Silveira Garcia.

O curso Crescendo e Empreendendo é uma oportunidade de desenvolvimento e crescimento pessoal para o jovem. Através desta qualificação, eles podem conhecer o universo do empreendedorismo, do trabalho e do negócio, e, ao vivenciar atividades que visam desenvolver o seu potencial empreendedor, poderá identificar oportunidades que farão a sua vida ser ainda melhor.

Para a professora Marleide Guimarães Araújo, chefe do Departamento de Extensão Estágio e Emprego do IFMT São Vicente, “o objetivo do curso em nossa instituição foi despertar para uma cultura empreendedora dos nossos jovens alunos”.

De acordo com Jorge Nagy, que é do Sebrae/MS e está prestando serviço para a unidade de Mato Grosso, “normalmente, nas escolas e faculdades, não se ensina a empreender. As pessoas não tem como empreender porque não tem o conhecimento necessário. Pensando nisso, o Sebrae fez alguns treinamentos voltados para este segmento: jovens e crianças. Para o pessoal do segundo grau temos o Crescendo e Empreendendo, que vai permitir e incutir dentro do jovem o espírito do empreendedorismo”, explicou.

“Não que ele vá ser empreendedor, montar um negócio. Mas a finalidade é que eles tenham conhecimento do que é o empreendedorismo para, se quiserem empreender, podem também. Hoje é uma exigência por parte das empresas que os seus colaboradores sejam empreendedores”, completou o instrutor.

O curso, que teve 12 horas de duração, distribuídos em 3 aulas de 4 horas cada, ajuda a desenvolver competências como:

  • Conhecer características de atitudes empreendedoras e identificá-las em si, no grupo e na comunidade;
  • Compreender como o empreendedorismo manifesta-se na vida, no mundo do trabalho e dos negócios;
  • Perceber-se como características empreendedoras;
  • Predispor-se a adotar atitudes empreendedoras na condução da sua vida;
  • Buscar a ampliação da rede de contatos para facilitar o desenvolvimento e a aplicação de atitudes empreendedoras;
  • Elaborar plano de ação de um sonho, considerando a prática de atitudes empreendedoras.
início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus São Vicente

Rodovia BR-364, Km 329, s/n - CEP: 78106-970

Telefone: (65) 3341-2100

Campo Verde/MT